Let the Game Begin – Parte02

45944228haha foi essa cena que me veio a mente depois de conversar com o mecânico…

Live or Die, make your choice!

Meu caneco! eu tô mais é pra morrer mesmo e decretar falência,.. como sempre algumas surpresas sempre acontecem né,.. o motor foi aberto e como já era esperado ( mas não com estes valores) vou precisar comprar mais algumas coisas.

343f841f-d04c-4642-83a5-f029663efc34

6a8d133d-afaa-453f-befa-9d0f03a9a36b

db7f4d7c-799d-4482-962e-dfe8a087c662

d52d1be4-0225-4c01-930d-c5b5e5b2211a

cd1ee1bb-6022-401e-881a-2e6659bb720d

571830e6-35cf-48d2-b759-c4923d4362c2

35819c95-fade-4e86-8f48-bc7953dfaf4d

899dcf9a-44ab-4826-b829-ec475cc6a469

8c78edab-f9ae-4c79-a8f1-3dfd4965da32

O Motor num estado Geral, por ser a primeira vez que foi aberto,(tem seguramente mais de 150mil km rodados), estava bom, na verdade a questão é que ele poderia estar beeem pior… o meu maior medo era os comandos, o estado que eles estariam e se iria dar pra fazer retifica neles,.. o legal foi que nem vou precisar mexer nisso… massa “economizei” no min uns 300ão por baixo.

O pistão estava inteiro riscado,.. riscos na parte superior, nas laterais, e ate nas diagonais, acho que alguém rodou sem filtro um offroad com ela… como um amigo disse a camisa parecia uma camisa de bolinhas ou um pijama daqueles cheio de detalhes de tanto risco haha, o bom é que o pistão é 1mm over, então vai ficar zerada 😉

Bom vamos a descrição dos itens que eu descobri hoje que vou ter que comprar e dos custos e peças que vão para a retifica.

Guia e Tensor da Corrente de Comando:

GUIDE, CAM CHAIN 12771-37400 R$130,00
TENSIONER, CAM CHAIN 12811-37401 R$200,00
Valve Steam Oil 09289-07002 R$100,00

Retificas:

Retífica do Virabrequim R$150,00
Retífica do Cilindro R$120,00
Assentamento do Cabeçote R$120,00

Rolamentos:

1x 6307 (6307 C3) – Virabrequim
1x 6209 (6209-C3) – Virabrequim
2x 6204 CNormal Contrapeso P4 ou P5
2x 6004 CNormal Contrapeso P4 ou P5

Rolamentos Rodas

2x 6303 DDU
1x 6305 DDU
2x 6202 DDU

Bom, agora depois deste valor, é fato que a moto vai ficar ai um mais um mês ou dois esperando eu arrumar todas as peças.

Estas originais da Suzuki vou pedir de fora, sem chances pedir aqui na Concessionária. só ai são no minimo 45 dias para chegar.

As peças que vão pra retifica e os rolamentos vou tentar chavecar pra parcelar em suaves no cartão,.. mas vamos ver o quanto vou poder encaixar .. sem pressa a trip é só ano que vem!

Agora que abriu tem que fazer,.. alguém quer comprar alguma bicicleta? guitarra? violão? um RIM ? kkk ta foda…

 

A Reforma da bruta véia – Parte 01

01 – Compra das peças!

Hahaha decidi que vai ser uma REFORMA, não uma restauração!

Restauração: Pra mim é desmontar tudo, deixar no quadro, zincar parafusos pintar o quadro,abrir o motor inteiro fazer tudo, montar tudo de novo nos padrões originais, deixar uma moto com 20 anos com cara de 0km.

Reforma: Vai trocando só o que tá feio, o que você não tem certeza que tá confiável, vai dando um tapa aos poucos, mas sem gambiarras ( mal feitas, as bem feitas pode haha)… adapte a moto a  você, foda-se o padrão, quem vai usar ela é você e talvez pra condições muito diferentes das que ela foi projetada. Invista no que realmente vai lhe trazer benefícios.

Bom foi pensando assim que eu pensei, beneficio? bom qual seria o melhor beneficio dela pra mim? Simples, que eu tenha certeza que se não faltar óleo e combustível, ela vai me levar pra onde eu quero e me trazer de volta, não importando se pra quem não conhece a guerreira ela pareça um trapo velho ou algo sem valor…. ( é até melhor com esses assaltos a motos principalmente em grandes centros ), afinal eu comprei ela pra RODAR, não é pra ficar lambendo nem polindo e deixando estacionada na Sala.. ( faço isso até com a HD,… tenho até dó dessa véia kkk vou lhe usar! ).

O que seriam estes benefícios? Primeiro de tudo e o mais caro,.. o coração cansado da véia…. Motor,.. este sim sera RESTAURADO, feito TUDO que se pode fazer, segue a lista:

  1. Todas as juntas trocadas (Padrão ISO9001 de 1 Linha – GER )
  2. Corrente de Comando novas (Wiseco USA)
  3. Corrente do Balanceiro novas (Sukuzi JPN)
  4. Pistão 96mm ( 660 cc ) nova (Wiseco)
  5. Pino do pistão novo (Wiseco USA)
  6. Anéis novos (Wiseco USA)
  7. Biela nova (Suzuki JPN)
  8. Rolamentos do virabrequim novos ( 1 Linha USA )
  9. Retentores Diversos (1 Linha )
  10. Retifica de Camisa
  11. Retifica de comandos
  12. Filtro de Ar novo ( Suzuki JPN )
  13. Coletor do carburador novo (Suzuki JPN)
  14. Ajuste / retifica / novas válvulas de Admissão e de Escape
  15. Reparos do Carburador Novos (Kistler JPN)
  16. Pistonete do Carburador Novo (Kistler JPN)
  17. Giglê da Alta novo (Kistler JPN)
  18. Giglê da Lenta novo (Kistler JPN) ( Farei um post de como trocar os giglês, reparos e limpar o carburador Mikuni em breve ).
  19. Velas NGK nova
  20. Espaçadores Embreagem
  21. Discos de Embreagem
  22. Molas do disco de Embreagem
  23. Cremalheira da Placa de Partida (Usada com 11mil km, comprei da Alemanha)(Suzuki)

13225096_10154273303884828_143594993_oBom na foto parece pouca coisa né? Só que aí tem um ano de compras rs, cada mês comprava algo, não sei ao certo o valor que paguei em tudo, mas foi TUDO MUITO mais barato do que no Brasil, mas MUITO mesmo, a maioria venci em leilões no eBay por preços ridículos ou fiz propostas absurdas pros vendedores que como tinham a peça anunciada a meses aceitaram. ( Dica, se você não tem pressa faça a proposta espere meses e faça novamente haha )

Bom ai fora as peças do Motor, adquiri mais algumas pra garantir a segurança e confiabilidade.

  1. Rolamentos da Mesa
  2. Rolamentos de Roda
  3. Restauração e proteção do tanque com TankFilm (Estava juntando borra no carburador).
  4. Torneira do tanque e reparos novos
  5. Pinça traseira original (estava com outra que não sei de que moto
  6. Burrinho de freio Nissin original
  7. Pastilha EBC Dianteira nova
  8. Pastilha EBC Traseira nova
  9. Retentores de bengala novos (All Balls USA)
  10. Guarda pó das bengalas ( All Balls USA)
  11. Troca de óleo das bengalas
  12. Parte elétrica foi inteira revisada! INTEIRA por mim mesmo, o chicote tá todo remendado, mas trocar ele é impossível,. .talvez com tempo e mornado em uma casa um dia eu refaça ele todo seria um prazer… mas hoje não dá.. um multimetro na viagem será acessório na bagagem kkkk ( Mas testei o Retificador e Regulador também ).

Bom acho que dá pra ir pra segunda parte!

Desmontar o motor, e ver se não há surpresas não esperadas!, preciso me capitalizar pra ver o orçamento da mão de obra.

Pensei no faça você mesmo, mas eu moro em apartamento.. sem chances! o que da pra eu desmontar desmonto, mas abrir o motor todo não vai rolar…

Até o próximo episódio! haha

 

Painel Digital da Honda XRE 300 na DR650RE 1995

Boa noite senhores, pra quem sem querer está perdido por aqui.. vou postar como adaptar o painel da XRe300 no nosso véio tanque de guerra.

Você vai precisar de:

  • Estilete
  • Fita Isolante
  • Alicate de corte
  • Micro Retifica ou uma Serra / Morsa
  • Um painel de Xre300 ( claro kkk )
  • O sensor de velocidade da Xre300
  • o Chicotinho do painel, com o plug e os cabos.
  • Dois Parafusos pequenos de 5mm – 8mm e porcas com rosca travante
  • Duas chapinhas de metal com aprox 5cm x 1cm
  • Ferro de solda
  • Estanho
  • Um pouco de paciência ( Um pouco eu tive que ter mais haha )

Bom vamos lá algumas considerações importantes que me levaram a fazer a adaptação desta maneira, e por este painel.

1 – O Painel da Xre300 possui conta-giros digital e a DR650 Pré tem o cabo que sai do CDI original. ( A DR650SE pós 96 não tenho certeza como funciona o conta-giros).

Pra quem ta lendo este post pra adaptar em outras motos tenham em mente o seguinte, exites duas formas ( ou mais.. na verdade depende da cabeça do eng que desenvolveu seu painel ) de se medir a velocidade digitalmente,… podemos dizer que exista a forma analógica e digital ( analógica é analógica mesmo, não confunda com mecânica onde vem aquele cabão igual os de desentupir pia e vaso sanitário girando bem louco comendo tudo que tem pela frente ( uma vez um fez um furo no painel da minha titan, aquela porra vira uma broca kkk ))

O sinal analógico funciona assim,.. você tem uma diferença de tensão entre dois valores… e esta diferença tem uma logica pra representar a sua velocidade, ou seja na pratica normalmente você vai ter 3 fios… um com a tensão máxima de referencia (geralmente 12V) um com o seu terra (negativo 0v), e um que vai variar algo em torno de 0v – 12v bingo essa é a sua velocidade.

Temos os velocímetros que são “digitais puros”, na verdade na verdade são contadores de pulso, aqueles geralmente com imã, o ima só fica mandando 0 ou 1, e você conta só os 1 (5v ou 12V) e de acordo com o tempo entre estes 1 você calcula a sua velocidade. ( sim!! é assim que aquele velocímetro de 10ão da tua bicicleta conta com o imã)

2 – Ele ja vem programado pra trabalhar com a distancia da roda no padrão do aro 21, ( sim teoricamente a altura do pneu influencia no cálculo, mas como geralmente qualquer painel te dá no min uma diferença proposital de 5% este erro é desprezado)

3 – O custo dele usado é barato,  já que existem ate paralelos e um monte disponível no mercado brasileiro ( não alimente o comércio de produtos de procedência duvidosa, a sua moto pode ser a próxima roubada pra que este mesmo painel seja trocado por umas miseras pedrinhas na boca. )

4 – Disponibilidade de peças pra manutenção também serão fáceis de se encontrar.

5 – Adaptação simples, pois tamanho é compativel com o do suporte do original.

6 – E você se livra daquele Caracol/Revil e painel de museu da original, onde o  reviel quebra e você não te onde encontrar um novo,.. e o cabo se partir você também tem que adaptar (o do fusca serve mais da um certo trampo pra deixar na medida). ( se você optar por usar o da tornado,.. ele é digital só do review pra cima, ou seja você ainda vai ficar com um dos problemas.. pra mim o pior,.. o caracol e o cabo,.. e pior ele não marca RPM.

Bom acho que é isso… se você tem uma DR,.. se ela é DR RE,… nem pense,.. o pai aqui já pensou por você…. vem comigo que o boi não te lambe… e você passa de ano! kkkk

Mãos a Obra!

1 – Pegue aquele painelzinho que ja deve ta surrado e todo F… com idade de no min 20 anos…. e jogue fora! hahha zueira espera mais uns passos pra fazer isso. ( Você pode vender no Olx ou ML sempre tem um doido que compra… quando eu olhei tinha uns caras que queriam R$450 reais em um pior que o meu kkk serio isso? Parece pegadinha do Sergio Malandro kkk ). Corte o Chicote dele bem prox ao painel para que sobre ai no in uns 4 dedos dos fios.

13262167_10154273303749828_1433895089_o

 

2 – Desmonte atrás dele o suporte que é original,. feito isso você vai ver que ele tem o formato de um W… porém o meio do V teremos que retirar, pois é ali que sai o chicote do painel da DR. com a serra e o suporte na morsa, ou com uma micro retifica, retire a perna do meio do suporte como na foto abaixo:

13230798_10154273303929828_1346055425_o

3 – Ai começa o processo de fixação do painel da XRE no suporte original da sua DR.

13242183_10154273303779828_632574742_o

Viu o motivo de termos cortado o suporte do meio? ele ia atrapalhar tudo o meio de campo hehe, com as próprias borrachas originais por baixo ( para que o painel não vibre) você mede as distancias das chapinhas pra adaptar a furação do painel na furação original.

Note que tem um parafuso que vai ficar exatamente em cima do suporte… é ali que vamos fazer um furo com uma broca de 5mm ou 6mm aquele vai ser o único parafuso direto no suporte, os outros dois vão ser fixados pelas “chapinhas”

13241640_10154273303849828_1215623587_o

Eu marquei com um lápis onde furar…. feito o furo.. de boa é só parafusar tudo

13271739_10154273378614828_5892479_o

4 – Feito seu painel já vai estar fixado, pronto pra ser ligado.. mas ainda temos a configuração da parte elétrica no chicote original. ( Eu ainda vou pintar o meu suporte e a minha mesa de preto, e vou colocar leds vermelhos no painel, para combinar com o meu voltímetro e amperímetro digital que vou por na mesa também (farei outro post) mas isso você acha no google e no youtube não vou postar aqui não).

13225172_10154273378689828_640170265_o

13231032_10154273303819828_354125182_n

5 – Deixe seu painel de lado, agora você não vai mais ter que fazer nada nele.. vamos a parte elétrica. Corte também o chicote da Xre300 e descasque as pontas dos fios. Você vai ter uma aranha e um embaralhado de fios deste tipo hahah

13241546_10154273393089828_2070473825_o

Confesso que o meu pra um Eng. tá uma porqueira só… mas eu juro que não foi culpa minha meu chicote original ja estava inteiro remendado e o Xre veio cortado alguns fios no talo,… pensei em deixar todos do meus tamanho mas tem uns que ficariam muito pequenos.

6 – Hora de Ligar os Fios, segue abaixo o esquema elétrico do manual da XRE300 e a legenda das cores.

13233388_10154273417874828_666182187_n

13220099_10154273417854828_383374530_n

Já deu pra perceber o que vai ser feito né? Só ligar cada um nos seus respectivos correspondentes.

DR650'95-96OTH

7 – É necessária a adaptação da “troca dos caracois” do eixo, porém isso eu não tenho fotos ainda e não sei o que vai ser necessário fazer… assim que eu souber atualizo este post explicando e com fotos….

Alguma dúvida gritem no comentário… mais mastigado que isso impossível haha

Depois posto foto do meu na moto!